.posts recentes

. Guarda-redes da Selecção ...

. The Beatles - I Me Mine

. Espírito Natalício

. Segunda-Feira!

. Algumas partes do melhor ...

. Concerto Ray Wilson (Ex-G...

. Franz Ferdinand - Lucid D...

. Franz Ferdinand - Campo P...

. João Só e os Abandonados ...

. The Muppets - Bohemian Rh...

. Cabeleireiro

. Bombeiros Voluntários da ...

. Keane - Again & Again

. Pequeno Nikita

. Razorlight - Golden Touch

. Kirchhoff Arctic Set "Stu...

. Sem ideias para um título...

. Futebol

. Quando eles tinham cabelo...

. New Shoes

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.Contador

Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

Prato Sabian





A minha última compra, o prato de topo de gama da Sabian, nem vou dizer quanto é que me custou, muitos de vós iriam achar o preço bastante excessivo por um simples prato para a bateria, de qualquer forma, paga-se bem caro pela qualidade.

O mais engraçado na compra do prato, foi a forma como eu consegui juntar o dinheiro, não precisei de tirar do meu ordenado, juntei algum dinheiro com umas vendas de produtos através de um site na Internet. Para ser sincero, não tenho grande jeito para o negócio, mas tudo o que tinha em casa que não me fazia falta, colocava tudo à venda no tal site.
Uma vez até vendi um fato de treino do Sporting que o meu irmão me tinha oferecido, o tamanho era o L, cabiam duas pessoas como eu dentro do fato de treino. O meu irmão ficou um bocado triste, não estava nada à espera que eu vendesse o fato de treino que ele me tinha oferecido. Sempre que vinha ao fim-de-semana a casa, acabava por descobrir qualquer coisa para vender, vendi equipamento informático, peças da bateria, roupa, livros, enfim, tudo o que não me fazia falta.

Agora sinto um vazio, não encontro nada em casa que possa vender, quer dizer, a não ser o bigode do meu pai, já vendi coisas que nunca pensei que alguém comprasse, talvez até desse para vender o belo bigode dele.

Só vi uma vez o meu pai sem o bigode, num "acto de loucura" decidiu cortá-lo, uma mudança radical, desde os 19 anos que usa bigode. Só teve 1 minuto de alegria, foi quando se viu ao espelho, ficou todo contente com a mudança de visual, após vários anos a usar bigode, seria desta que iria cortá-lo. Assim que chegou ao pé da minha mãe, ela começou logo a dizer que ele estava horrível, pudera, nunca o tinha conhecido sem bigode, ao menos podia-lhe ter dado uma hipótese, no início é estranho, mas com o passar do tempo habituamo-nos. O meu pai lá ficou um bocado triste, mas não restou outra opção senão deixar crescer novamente o bigode que a minha mãe tanto gosta.

Esta conversa parva serviu apenas para contar a história do bigode do meu pai. Eu já ando com a ideia de deixar crescer um bigode à Robert Mugabe. 

publicado por Ringo às 22:48
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Snowflakes - No Woman No Cry (Improviso) - 3Bar

publicado por Ringo às 23:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Ginásio

Para ser sincero, os ginásios nunca me fascinaram muito, sempre achei que podia praticar desporto sem ir ao ginásio. Entendi que já era tempo de fazer algum exercício, só umas corridas durante a semana não estavam a dar o resultado que eu pretendia.

Sendo assim, ontem fui pela primeira vez ao ginásio e até gostei, o local não é muito grande e não tem muita gente, o que é óptimo, temos uma pessoa (Personal Trainer) que nos orienta e indica quais os exercícios que devemos fazer. No meu caso, fiz exercícios para o corpo todo, o meu objectivo não é ficar super musculado, é mesmo fazer exercício e tentar ganhar um pouco de massa muscular, pareço uma tábua de passar a ferro.

Uma coisa é certa, a mim ninguém me vê de camisolas de alças, mais piroso que isso, só mesmo as camisas que o Dunga (Seleccionador do Brasil) usa durante os jogos.


publicado por Ringo às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 22 de Setembro de 2009

The Beatles - Sargent Pepper's Lonely Hearts Club Band



Não resisti. Tinha pensado em comprar toda a colecção dos Beatles que tinha acabado de sair, em estéreo e remasterizado, mas iria começar pelo início, pelo álbum Please Please Me. Depois de muita indecisão, acabei por escolher Sargent Pepper's Lonely Hearts Club Band. E porquê?

Provavelmente o melhor cd dos Beatles, a ideia de criar uma banda dentro de outra banda foi completamente inovadora e genial, claro que esta ideia só podia partir de Paul McCartney. Durante uma viagem, Mal Evans e Paul McCartney começaram a brincar com um frasco de pimenta (pepper) e daí surgiu a ideia.

Naquele tempo, foi dos álbuns que demorou mais tempo a gravar, 129 dias de gravação.
A capa do álbum já foi copiada inúmeras vezes, basta procurar no google. Naquela altura não havia Photoshop, cada Beatle escolheu alguns dos seus ídolos para colocar na capa, tudo foi colado para a sessão de fotografias, o preço que a EMI teve que pagar só pela capa foi elevadíssimo.

Inicialmente, Jesus Cristo e Adolf Hitler também iriam entrar na capa, no final decidiram que seria melhor não colocá-los para não gerar alguma polémica.

Perguntaram ao Ringo quais as pessoas que ele queria escolher para colocar na capa do álbum, ele respondeu: "Tudo o que eles escolherem está bom para mim".

O cd começa com a banda Sargent Peppers Lonely Hearts Club Band a dar as boas vindas, de seguida apresentam Billy Shears (Ringo Starr) que canta With a Little Help From My Friends. Segue-se a psicadélica e contorversa Lucy In The Sky With Diamonds, Getting Better, Fixing a Hole, She's Leaving Home, Being For The Benefit Of Mr. Kite!, Within You Without You, When I'm Sixty Four, Lovely Rita, Good Morning Good Morning, Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (reprise) e A Day In The Life.

Destaco a When I'm Sixty Four e A Day In The Life.

O melhor mesmo é ouvir o cd, para quem gosta, claro.

 

publicado por Ringo às 22:31
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

The Beatles - For No One

 Para uma pessoa muito especial

publicado por Ringo às 22:34
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 17 de Setembro de 2009

George Orwell - 1984

 

Que livro, fiquei atónito, quero ler mais livros de George Orwell. Adorei a história, impossível parar de ler, sempre na expectativa do que viria a seguir.

Os dois livros que li de George Orwell, de certa forma, acabam por criticar a maneira como as sociedades estão estabelecidas.

Em 1984, o desenrolar da história é passado no futuro (o livro foi editado em 1949), tudo gira em torno da sociedade existente, não há leis, mas as pessoas sabem que não podem fazer uma série de coisas, tal como criar amizades, conviver, pensar mal do partido, entre outras.

Existe apenas um partido, o partido é que controla tudo na sociedade, há por todo o lado cartazes com a imagem do Grande Irmão, o símbolo do partido, há câmaras e microfones espalhados por todos os locais e não há privacidade. As pessoas não podem ter um pensamento negativo em relação ao partido ou à sociedade, a Polícia do Pensamento detecta logo.

A história gira em torno de Winston Smith, a única pessoa com sentimentos e com senso, capaz de detectar as mentiras do partido, a pouco e pouco vai-se apercebendo da enorme mentira em que a maioria das pessoas vivem e tenta descobrir algumas respostas para as suas perguntas.

publicado por Ringo às 15:12
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009

Blur - Think Tank

 

Faltava-me apenas este álbum para ter a discografia completa dos Blur, tudo cd's originais claro, não é daqueles "comprados" no emule.

Andei numa fase em que não comprava nenhum cd de música, preferia "comprá-los" no emule, o preço de cada cd é exageradamente caro. Neste momento, compro os cd's que realmente gosto, prefiro ter sempre o original e acabo sempre por fazer colecção.

Think Tank, o úlitmo cd dos Blur até ao momento, foi lançado em 2003, apesar de ter recebido muitas críticas positivas e de ter ficado em 1º lugar no Top Britânico de álbuns, o cd é uma completa desilusão para quem gosta dos Blur. O cd que antecedeu Think Tank, 13, já tinha mostrado os Blur com uma nova sonoridade e várias experiências com novos instrumentos, dava para ver qual o rumo que os Blur iriam levar, estavam cada vez mais a distanciar-se do Britpop.

Após a saída do guitarrista Graham Coxon, os Blur ficam reduzidos a apenas três elementos, o vocalista Damon Albarn já havia mostrado interesse por outros géneros de música e estava disposto a experimentar novas sonoridades (mais tarde iria formar os Gorillaz e The Good, The Bad & The Queen), decide levar a banda para Marrocos e os Blur começam a gravar Think Tank. O resultado, na minha opinião, é desastroso, apenas se aproveitam os dois primeiros singles, Out Of Time e Crazy Beat. Thin Tank nada tem a ver com a onda Pop/Rock que os Blur nos habituaram, acaba por ser um álbum de Indie Rock e Rock Alternativo.

Neste momento os Blur voltaram a reunir-se para uma série de concertos, com Graham Coxon integrado, mas ainda não está nada decidido quanto ao lançamento de um novo cd.

 

publicado por Ringo às 22:29
link do post | comentar | favorito

Carole King - I Feel The Earth Move

 

publicado por Ringo às 22:26
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

09/11


Uma história mal contada, muito mal contada mesmo.

publicado por Ringo às 09:48
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

Colega Rui

Hoje aconteceu-me uma situação completamente fora do normal, estava na minha hora de almoço descansado a ler a Blitz, que trazia uma edição especial dedicada aos Beatles (3€ por meia dúzia de folhas é uma roubalheira), quando entra sala o colega Rui (vou chamar-lhe assim). Basta olhar para o Rui para ver que é daqueles cromos difíceis de encontrar, são várias as situações hilariantes que nos proporciona. O Rui hoje trazia vestido uma t-shirt do Bruce Lee, na parte da frente a imagem do Bruce e na parte de trás tinha escrito Bruce Lee numas letras bem gordas, eu nunca pensei que alguém tivesse a coragem de ir para o trabalho com uma t-shirt do Bruce Lee, ainda por cima, metida para dentro das calças e com o belo do sapatinho de verniz a compor o traje. Ele sabia que eu sabia fazer algum tratamento de imagem no Photoshop, pediu-me para juntar duas imagens no Photoshop, quando eu meto a pen no computador, começo a reconhecer aquelas imagens, era a imagem que ele trazia na t-shirt, só que estava separada em dois ficheiros.

Perguntei-lhe como é que ele tinha feito aquela obra de arte, então ele explicou-me que chegou mais cedo ao trabalho, dirigiu-se à impressora multifunções, tirou a t-shirt e digitalizou-a, como era muito grande teve que ficar dividida em dois ficheiros.

Perguntei-lhe para que é que ele queria aquilo, disse-me que tinha receio que a t-shirt se estragasse, aquilo tinha sido um achado, tinha custado 10€ na feira de Corroios, também estava a pensar fazer um wallpaper daquilo para colocar em casa e um dia mais tarde, mandar estampar t-shirts com aquela linda imagem.

Fiquei convencido, não podia recusar perante aquela justificação, não tive outra opção senão juntar as duas imagens numa só e fazer o tratamento necessário, mas com uma condição, também queria uma t-shirt para mim.

O resultado final foi este:



Quem quiser uma t-shirt destas é só pedir

publicado por Ringo às 22:29
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Publicidade polémica



Na Alemanha está a passar na televisão uma publicidade um tanto ou quanto polémica. Não tenho a certeza se a ideia partiu do Ministério de Saúde Alemão, o que é certo é que a comunidade judaica alemã ficou bastante ofendida com o facto de utilizarem Adolf Hitler nesta campanha. Eu acho esta publicidade extremamente inteligente, serve para alertar contra os perigos do sexo desprotegido e da sida, a verdade é que tal como Adolf Hitler, a sida também é um assassino em massas. Não compreendo o porquê da comunidade judaica ficar tão ofendida, se os próprios alemães reconhecem os erros que Adolf Hitler cometeu durante a II Guerra Mundal, admitiram todo o mal que foi feito, não se percebe o porquê desta indignação. O mesmo não se pode dizer do Japão, o Japão nunca admitiu todo o mal que provocou durante a II Guerra Mundial, nomeadamente à China, daí estes países não terem uma estreita relação.

Nesta campanha entram também Saddam e Estaline.

Para mais informação: http://www.aids-is-a-mass-murderer.com/

publicado por Ringo às 22:13
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

Onde é que estavas no dia 09/09/2009 às 09:09?

Para variar, estava no trabalho, devia estar a abrir o Outlook de modo a programar o meu dia de trabalho.

publicado por Ringo às 22:57
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009

Franz Ferdinand - Can't Stop Feeling

 

Dos melhores videoclips que alguma vi.

publicado por Ringo às 23:41
link do post | comentar | favorito

Oasis



Parece que é mesmo desta que os Oasis vão acabar. Noel Gallagher, o guitarrista e principal compositor da banda anunciou no site dos Oasis que iria sair do grupo, há já vários meses que não falava com o irmão Liam, a relação entre os dois nunca foi a melhor, tudo começou antes de o grupo iniciar um espectáculo, os irmãos tiveram mais uma das suas brigas e Liam Gallagher com o seu mau feitio partiu a guitarra ao irmão, isto foi a gota de água para Noel que já havia manifestado o interesse de fazer uma pausa dos Oasis após o lançamento do último álbum, Dig Out Your Soul.

Os Oasis começaram a sua carreira em 1991 e em 1994 lançaram o seu primeiro álbum, Definitely Maybe, rapidamente chegou ao 1ºlugar do top britânico. Quando entraram em estúdio para gravar o segundo álbum, (What's The Story) Morning Glory?, Noel decidiu mandar embora o baterista Tony McCarroll e contrata Alan White, que viria a deixar a sua marca na banda. Alguns jornalistas consideravam os Oasis como sendo os sucessores dos Beatles, a banda preferida de Liam e Noel Gallagher, em algumas das letras são encontradas muitas referências aos Beatles.

Nos anos seguintes, lançaram Be Here Now em 1997, The Masterplan em 1998, Standing On The Shoulder Of Giants no ano 2000, Heathen Chemistry em 2002, Don't Believe The Truth em 2005 e por último Dig Out Yout Soul.

É certo que são arrogantes, convencidos, às vezes intratáveis, mas são sem dúvida das bandas mais geniais de todos os tempos, disputaram com os Blur nos anos 90 a liderança do Britpop.

A primeira vez que ouvi uma música dos Oasis, foi em 1995, Wonderwall passava na rádio a toda a hora, não me interessei nada. Quando a minha tia me ofereceu o cd dos Oasis, (What's The Story) Morning Glory?, fiquei rendido, aquele som era completamente diferente de tudo o que tinha ouvido, a primeira faixa, Hello, dava as boas vindas, aquele som das guitarras a entrar na minha cabeça, a bateria com uns breaks completamente novos para mim, a estranha voz de Liam Gallagher, era tudo novo, passava tardes inteiras a ouvir o cd no quarto, deitado na cama.

Espero que seja só mais uma briga de irmãos.

publicado por Ringo às 22:59
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

Sacanas Sem Lei



Quando decidi ir ver este filme ao cinema, estava à espera de algo do mesmo género do Kill Bill, pensei que o Brad Pitt e companhia passassem o filme inteiro a matar nazis. Enganei-me e ainda bem. Não sendo eu grande fã de Quentin Tarantino, reconheço que este é o seu melhor filme. Sacanas Sem Lei é um filme genial, a história é sublime, o elenco não poderia ter sido melhor escolhido e uma banda sonora espantosa.

Apesar de ter apreciado bastante o papel de Brad Pitt no filme Destruir Depois de Ler, na minha opinião, este é de facto o seu melhor papel de sempre, é uma comédia a cena em que ele tem de falar Italiano. Também participam no filme o actor britânico Mike Myers, o actor alemão Daniel Bruhl que tinha entrado no filme Adeus Lenin! e se não estou em erro, também participou no filme o actor que entrava na série Rex o cão polícia.

Penso que não vale a pena estar aqui a contar a história, para os curiosos, o melhor mesmo é ver o filme numa sala de cinema, as 2h 30m são bem empregues.

publicado por Ringo às 22:04
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

Regresso

Depois de duas semanas de férias, é tempo de voltar à monotonia do dia-a-dia. Já lá vai o tempo em que as férias eram 3 meses, nessa altura, chegava ao final de Agosto já farto de estar de férias e ficava ansioso para que começasse a escola, para estar com alguns amigos, não era porque gostasse muito de estudar.
No regresso ao trabalho, deu para reparar que anda muita gente preocupada com a Gripe A, alguns até andam mesmo paranóicos. É verdade que as pessoas têm que se precaver, no entanto algumas pessoas levam o caso ao extremo, por exemplo, aqui no meu local de trabalho, um colega foi de férias para o estrangeiro e quando regressou apenas uma pessoa na divisão dele o cumprimentou com um aperto de mão, com receio de apanharem a gripe. Todos os dias, no telejornal, somos constantemente informados do aumento do número de pessoas que já apanharam a gripe, isto para algumas mentes fracas é complicado, acho que não é por causa da gripe que devemos mudar os nossos hábitos, devemos é tomar algumas precauções, como já foi explicado vezes sem conta, o vírus não se propaga através do ar como alguns ainda pensam.



 

Faz precisamente hoje 70 anos que Hitler decidiu invadir a Polónia, dando início à 2ª Guerra Mundial. Para quem não sabe, no pacto assinado entre a Alemanha e a Rússia, pacto Ribbentrop-Molotov, os Alemães e os Russos decidiram dividir a Polónia entre si, os Russos hoje em dia são recordados como integrantes dos Aliados, mas a verdade é que a Rússia começou a guerra do lado dos Alemães. Depois de duas guerras mundiais, será que vivemos num mundo melhor?

Para celebrar os 70 anos do início da 2ª Guerra Mundial, as editoras decidiram lançar vários livros sobre o conflito, a parte má, os livros são caríssimos, é impossível comprar alguns deles, infelizmente, para termos acesso à cultura é preciso pagarmos e bem.

 

publicado por Ringo às 22:41
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links