.posts recentes

. Guarda-redes da Selecção ...

. The Beatles - I Me Mine

. Espírito Natalício

. Segunda-Feira!

. Algumas partes do melhor ...

. Concerto Ray Wilson (Ex-G...

. Franz Ferdinand - Lucid D...

. Franz Ferdinand - Campo P...

. João Só e os Abandonados ...

. The Muppets - Bohemian Rh...

. Cabeleireiro

. Bombeiros Voluntários da ...

. Keane - Again & Again

. Pequeno Nikita

. Razorlight - Golden Touch

. Kirchhoff Arctic Set "Stu...

. Sem ideias para um título...

. Futebol

. Quando eles tinham cabelo...

. New Shoes

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.Contador

Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009

Cabeleireiro

Talvez, já há uns 4 anos que não ia cortar o cabelo num cabeleireiro, desde que comprei uma máquina de cortar o cabelo, opto sempre por cortar em casa, pelo menos fica mais económico. Só há um pequeno pormenor, quando corto o cabelo em casa, normalmente é a minha mãe a cabeleireira de serviço, o corte nunca fica perfeito, ou fico com uns bocados de cabelo maiores, a patilha fica torta, ou então, como me aconteceu uma vez, fiquei sem uma patilha, aí as lágrimas vieram-me logo aos olhos, desde os 15 anos que ando a cultivar estas patilhas, não é que queira ter umas patilhas iguais às do Quique Flores, só que já não me consigo ver sem patilhas.

Fui ao único sítio que estava aberto à noite, ao Sanjam, é impressionante, a maior parte dos empregados é brasileiro, calhou-me logo o Júnior, tinha assim uns tiques esquisitos, já não há barbeiros machos como o Jesuino.

Cortou-me o cabelo num instante, o rapaz manejava o pente e a tesoura com uma facilidade incrível. Quando chegou a altura das patilhas, perguntou-me se eu queria cortar tudo, respondi-lhe logo que não, era para manter, ele apontou a máquina para cortar e eu pedi-lhe para cortar mais abaixo, para ficar assim um bocado maior, nessa altura ele riu-se, se calhar na zona de Cascais o pessoal não usa patilhas, cortam tudo até acima.

A parte pior foi ter pago 13€ para cortar o cabelo, não sabia que estava assim tão caro um corte de cabelo, pelo menos o corte ficou certinho e com as patilhas bem arranjadas, parecia que tinham sido arranjadas a régua e esquadro, assim vale a pena.




Não foi este o corte, mas para a próxima vou pedir um corte destes.

publicado por Ringo às 14:16
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De David a 27 de Novembro de 2009 às 10:16
Ah agora já percebi porque é que gozaste comigo quando fui ao Eddy e deixei as patilhas grandes.. Foste logo ao ponto certo!
Tens de ir ao Eddy pá!
Eles aí em Cascais não sabem deixar a popa que tu estimaste.. E pelos vistos as patilhas também, passou-me.
Passou-me porque eu não reparo assim tanto em homens como possa parecer.
Mas aquele tique da popinha era característico!

O corte da foto é lindo!
De Ringo a 27 de Novembro de 2009 às 11:10
Pois, estou a ver que tenho de voltar a ir ao Eddy, ele pelo menos percebe os ribatejanos e sabe que eles gostam de uma bela patilha, já o brasileiro estava bruto para me cortar a patilha toda.
Épá, quanto à poupa, mais dia menos dia desaparece, mas foi bom enquanto a tive, aquele tique era bem característico, como tu dizes.
Abraço

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links